Feeds:
Posts
Comentários

Search Results for 'delianárra'

A vida é também uma eterna tentativa de retomar as pontas soltas das muitas tramas que vivemos (e imaginamos) em busca de transformá-las novas tramas. Hoje, enquanto comprava cigarros e uma providencial garrafa de coca-cola em um mercadinho que acabei de descobrir na vizinhança, estava me relembrando de uma velha aventura de RPG que mestrei […]

Read Full Post »

Trechos extraídos de “Um caminhante em busca de outro”, ensaio do falador Thiellót (em forma breve) sobre o Delianárra e os lugares e pessoas citadas por Delian no manuscrito. A Árvore do Reino dos Gatos (a primeira parte deste trecho está documentada no Caderno Verde) …Ainda sobre a Árvore, nela só gatos e aqueles que […]

Read Full Post »

obrigado por me lembrarem que há muitas portas onde os olhos cansados não enxergam nenhuma e muitos caminhos que vem e vão para além da estrada. “…a estrada de pedra é o único caminho seguro que atravessa Terra dos Ventos e no rumo de Càera Fínne e da cidade portuária de Weailcom. Mas nem todos […]

Read Full Post »

Depois de uma(s) inspiradora(s) conversa(s) ontem à tarde, sinto que deveria retomar o conto-encantado-folhetim O Cavaleiro e o Dragão (publicado até o 6º capítulo aqui e no Overmundo) e a história encantada Delianárra (da trilogia Arranárra, Delianárra e Lothienárra). Mas creio que neste momento o Acorda Para Sonhar seja minha prioridade. Então, vamos ver o […]

Read Full Post »

O fragmento número três se perdeu. Dele me lembro apenas três pequenas passagens, que reproduzo abaixo. “[…]A estrada dos tijolos cinzentos, que cruza as terras mortais de Fínne, é talvez a única estrada nas ilhas que sempre nos leva aos mesmos lugares. Isso faz dela uma estrada estranha para quem mora na região. […] Ela […]

Read Full Post »

Não há muito o que explicar, e estou cansado de dar explicações. Estou contando a História da Queda do Oeste em fragmentos desordenados de seus 3 cantos: Arranárra, Delianárra e Lothianárra. É simples. Estou anotando as histórias conforme elas me são contadas, e quem gostar delas as acompanha assim mesmo, fora de ordem. Quem sabe […]

Read Full Post »

“Teve aquela vez em que Feltwn acordou muito mal depois dos festejos da vitória em Gloal. Acordou tão torto que, ao encontrar algumas pessoas na estrada enquanto caminhava até sua montanha, bateu em todas elas com seu martelo até que a maioria ficasse destroçada. Um moleque sobreviveu e ficou seguindo ele pela estrada, o acusando […]

Read Full Post »

“Ao final do dia, já me aproximava conforme imaginado das moradas verdes do povo Eneirah. Sentí pela primeira vez o perfume das matas Eneirah, que não sentí em nenhum outro lugar. Seria injustiça compará-lo com tantos outros perfumes e odores que conhecí em minhas andanças. Basta-me dizer que é bom, muito bom, e único. Cheiro […]

Read Full Post »

“Do alto deste monte, consigo enxergar uma floresta, um rio e um povoado. No silêncio do meio da manhã, deste dia de espera, cada detalhe do mundo distante que vislumbro parece cheio de significado. O rio está vivo, e por trás de seu nome há outro nome e é o nome de um deus, que […]

Read Full Post »

Há uma longa história a ser contada. Mas hoje eu já sei como contá-la. Vou contá-la da mesma forma que eles a contam para mim…Em fragmentos, pequenas jóias de caleidoscópio, vislumbres, recordações e devaneios. A longa história estará organizada com os seguintes tags: Queda do Oeste, para reunir todos os fragmentos em um só fluxo […]

Read Full Post »

Next »