Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘teatro’

A Paula Campos acabou de me avisar (err, na verdade, ela avisou ontem e eu só vi hoje) que o Teatro Oficina Perdiz agora tem um blogue, para manter informados os usuários e amantes daquele pitoresco lugar de conserto de carros e almas.

Um abraço grande para o pessoal do Perdiz, e para a Paulinha, que é uma guerreira em nome de suas causas.

Abraços do Verde.

Anúncios

Read Full Post »

Acabei de saber, por meio de um comentário da Raquel Cappuci aqui no Caderno do Cluracão, que a Companhia Dinastia Dell’Arti vai ter sua temporada de Lisbela e o Prisioneiro extendida por mais um final de semana.

Devido ao sucesso da montagem, a peça será novamente encenada neste final de semana, dias 6, 7 e 8 de julho. Ao que parece no mesmo lugar na última montagem (pois a Raquel esqueceu de me falar o local da apresentação).

Espero que ela passe por aqui para dar o resto da informação.

Abraços do Verde.

Read Full Post »

Gosto de dar uma força para o trabalho dos meus amigos, principalmente quando é um trabalho bacana e feito de coração. É assim que funcionam as amizades, meus caros.

Minha amiga Raquel Capucci está se apresentando junto com a companhia teatral Dinastia Dell’Arti no espetáculo Lisbela e o Prisioneiro, em curta temporada na cidade quadradinha de Brasília. A ruivinha cursou Psicologia junto comigo na UnB mas, assim como eu, descobriu que a Arte vale muito mais a pena do que a ciência. Palmas para nós! :)

Vale a pena conferir o espetáculo e prestigiar o trabalho da timida mocinha de cabelos vermelhor que virou atriz. Estivesse eu em Brasília, já estava lá para conferir.

As datas e horários das apresentações são:

* 07 a 09 de Junho, no Teatro da Escola-Parque 210/211 Sul
Quinta, Sexta e Sábado, às 20hs.
Ingressos: R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia para estudantes, professores, maiores de 60 anos e doadores de 1kg de alimento não-perecível)

* De 22 de Junho a 01 de Julho – Teatro Goldoni – Casa D’Itália – Sala Adolfo Celi
209 Sul – Entrada pelo eixinho L – tel: 3443-0606
Sextas e Sábados, às 21:15h e Domingos, às 20:15h.
Ingressos: R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia para estudantes, professores e maiores de 60 anos)

Mais informações no post sobre o espetáculo, feito na agenda do Overmundo ou mandando um email para a companhia Dinastia Dell’Arti.

E para quem quiser dar uma espiada no visual desta montagem de Lisbela e o Prisioneiro, há um vídeo e uma colagem de fotos disponibilizados no YouTube.

Read Full Post »

Apesar da azia (e do dia) terrivel, estou tentando saldar todas as minhas promessas. Infelizmente a publicação da quinta parte de O Cavaleiro e o Dragão vai ficar (de novo) para outra hora.

Contudo, aquí vai (conforme prometido no último post) a programação de amanhã (sexta) e sábado no Teatro Oficina Perdiz (encontrada neste post de Michel Santana no blog Jornalistinha):

Programação da Oficina do Perdiz para os próximos dias:

Quarta-feira (30/05): Apresentação do filme “Teatro Oficina Perdiz” às 21h, de Marcelo Dias.
Quinta-feira (31/05): Monólogo “Saída de Emergência”, apresentado por Zé Regino (horário não confirmado).

No dia 01 de junho vão começar as 24h de atividades do “Teatro Oficina Perdiz”. A maratona começa às 18h desta sexta-feira e vai até as 18h deste sábado. Na sexta será apresentada a peça “Quem fez 68 não faz 69”, interpretada por Ruth Guimarães, que faz uma pequena sátira a ditadura militar.

No sábado vai ser a vez do monólogo “Cobra Norato”, interpretada por Sérgio Viana. A apresentação conta o mito da “cobra grande da Amazônia”.

Para mais informações ligue no número: 3273-2364 e fale com Marcos Pacheco.

E vale aproveitar para dar uma lida neste outro post de Michel Santana a respeito do Teatro Oficina Perdiz, também no Jornalistinha:

“Ao ser questionado pelo Jornalistinha, Perdiz brinca ao dizer porque mantém a oficina. ”Só tenho a oficina mesmo porque tenho um carro”, comenta. Perdiz revela como conseguiu construir a estrutura. “Para construir a arquibancada eu demorei umas cinco horas. Comecei a ajeitá-la um dia era umas 13:30h, e quando deu umas 18:30h ela já estava terminada. Os acessórios depois eu coloquei aos poucos”, disse Perdiz.

Esses dias o teatro viveu uma fase um pouco turbulenta, com a ameaça de fechamento do local. Mas ao que tudo indica, a oficina será preservada, pelo menos foi o que garantiu o Governador do Distrito Federal. “O Oficina do Perdiz é um símbolo cultural, não pode ser fechada. Já consultei o secretário adjunto de Cultura, Ricardo Pires, para trazer uma solução para o local”, afirmou Arruda.”

Dizem que a reportagem feita pela Rede Record a respeito da situação (e da mobilização em defesa) do Teatro Oficina foi bem bacana. Contudo, parece que o vídeo ainda não chegou ao YouTube.

Read Full Post »

Acabei de receber a dica da Apsara, minha irmã (que link eu coloco para você, minha linda?) de que já saiu no YouTube um vídeo da reunião que encerrou a mobilização feita ontem em prol do Teatro Oficina Perdiz, que estava ameaçado de demolição (mais uma vez).

Sem mais enrolação (ão ão ão!), segue o vídeo:

Viram o vídeo?

Como vocês podem ver, esta foi uma vitória importante mas ainda há muita luta pela frente. Fiquem ligados aqui no Caderno do Cluracão, e na comunidade do Teatro Oficina Perdiz no Orkut, para serem informados dos próximos andamentos da luta em defesa deste pitoresco e importante teatro.

Acho particularmente importante dar atenção às tais denúncias de acumulação de entulho e de “bichos e escorpiões” que grassariam nestes mesmos. Serão verdadeiras? Serão ataques anônimos de má fé contra o teatro? As duas coisas? Para o povo do Perdiz, fica o toque para que fiquem ligados nisso.

Por hora, parabéns a todos que participaram direta ou indiretamente desta etapa da mobilização em prol do teatro. Estamos todos de parabéns.

Boa sorte ao Perdiz e eu fantabuloso Teatro, e aos artistas da minha terra, e à Cultura de Brasília e do Brasil. Segue a saga.


UPDATE:
O João Arnolfo do viaecologica.com também fez e publicou um vídeo sobre a defesa do Teatro Oficina Perdiz (dica do Technorati):

(curiosamente, até um blog russoecoou este vídeo)

Enquanto isso o blogue da Rádio Livre RalaCoco 101.3FM, da Universidade de Brasília (ô saudade!), também fez um post sobre a mobilização. A meu ver, os Dragões não tem nada a ver com o problema e não deveriam ser injustamente culpados (Salvem os Dragões!!!), mas o post é válido mesmo assim.

Eu eu continuo ligado história, e pronto para ajudar o Teatro Oficina Perdiz e os colegas da cultura de Brasília no que for possível…

Read Full Post »

Acabei de receber a dica da Apsara, minha irmã (que link eu coloco para você, minha linda?) de que já saiu no YouTube um vídeo da reunião que encerrou a mobilização feita ontem em prol do Teatro Oficina Perdiz, que estava ameaçado de demolição (mais uma vez).

Sem mais enrolação (ão ão ão!), segue o vídeo:

Viram o vídeo?

Como vocês podem ver, esta foi uma vitória importante mas ainda há muita luta pela frente. Fiquem ligados aqui no Caderno do Cluracão, e na comunidade do Teatro Oficina Perdiz no Orkut, para serem informados dos próximos andamentos da luta em defesa deste pitoresco e importante teatro.

Acho particularmente importante dar atenção às tais denúncias de acumulação de entulho e de “bichos e escorpiões” que grassariam nestes mesmos. Serão verdadeiras? Serão ataques anônimos de má fé contra o teatro? As duas coisas? Para o povo do Perdiz, fica o toque para que fiquem ligados nisso.

Por hora, parabéns a todos que participaram direta ou indiretamente desta etapa da mobilização em prol do teatro. Estamos todos de parabéns.

Boa sorte ao Perdiz e eu fantabuloso Teatro, e aos artistas da minha terra, e à Cultura de Brasília e do Brasil. Segue a saga.


UPDATE:
O João Arnolfo do viaecologica.com também fez e publicou um vídeo sobre a defesa do Teatro Oficina Perdiz (dica do Technorati):

(curiosamente, até um blog russoecoou este vídeo)

Enquanto isso o blogue da Rádio Livre RalaCoco 101.3FM, da Universidade de Brasília (ô saudade!), também fez um post sobre a mobilização. A meu ver, os Dragões não tem nada a ver com o problema e não deveriam ser injustamente culpados (Salvem os Dragões!!!), mas o post é válido mesmo assim.

Eu eu continuo ligado história, e pronto para ajudar o Teatro Oficina Perdiz e os colegas da cultura de Brasília no que for possível…

Read Full Post »

Recebi a informação e o convite da Ana Catarina no meu scrapbook do Orkut:

ATENÇÃO ARTISTAS!

O Perdiz recebeu ontem uma intimação,
dizendo que ele teria que

desocupar o local, dentro de 5 dias uteis…

Hoje, sexta-feira dia 25, vários artistas
se encontraram na frente da

oficina e ficou decidido que
TERÇA – FEIRA, DIA 29/05 AS 11HS
todos
nós vamos nos encontrar
em frente a oficina para fazer uma

manifestação.

Façam cartazes, divulguem e estejam lá…
vamos fazer barulho!

Não podemos deixar o Perdiz sozinho…
precisamos juntar muuuiiiiitaaaa

gente pq queremos parar a w3 norte!
(708/709 – perto do ceub)

vamos todos!!!! vamos parar a
W3 NORTE NA HORA DO ALMOÇO!!!!
Ajude a divulgar!!

Para quem não conhece o Teatro Oficina Perdiz, trata-se de uma oficina mecânica localizada no comércio da SCRN 708, na Asa Norte de Brasília, e que em várias noites da semana se transforma em um teatro que apresenta atrações a preços populares, além de ser um espaço aberto para artistas e companhias em início de carreira.

A própria idéia de se transformar uma oficina em teatro já é bem bacana. Junte-se isso então ao carisma do dono e do lugar, e o Teatro Oficina Perdiz torna-se um lugar extremamente bacana e que faz parte dos roteiros culturais brasilienses. Para quem conhece, e para quem ainda não conhece mas gostaria de ter uma chance de um dia poder conhecer, é um importante participar desta mobilização e passar em frente a notícia.

Como estou no Rio, tudo que posso fazer é passar a notícia em frente e torcer. O lugar fica ao lado da minha antiga casa, e eu gosto um bocado dele.

Não é a primeira vez que o teatro é ameaçado. Quando começaram a derrubar o prédio ao lado, por pouco o teatro não foi junto. Apenas com a mobilização dos artistas da cidade foi possível impedir que naquele mesmo momento o Teatro Oficina virasse uma pilha de escombros.

Abraços apertados do Verde.

Read Full Post »

Older Posts »